Compromissos do membro:

COMPROMISSOS DOS MEMBROS:
Listagem retirada de uma pesquisa do nosso Estatuto e Regimento Interno.
 
ESTATUTO ART.7
Participar das assembleias gerais
Votar e ser votado.
Participar dos cultos.
Apresentar sugestões, opiniões ou parecer em Assembleia Geral ou a membro da Administração ou do Conselho Ministerial, preferencialmente por escrito. Respeitando a autoridade constituída conforme Romanos 13.1,2; Hebreus 13.17.
 
ESTATUTO ART.8
Desenvolver os dons de sua vocação na Igreja.
Tendo rendimentos, contribuir financeiramente de forma regular, mensal e voluntária para o sustento da Igreja, através de contribuições mensais.
Desempenhar com lealdade as missões designadas pela Igreja. 
Cumprir cumprir as normas constantes do Estatuto, Regimento Interno, respeitar o Credo da Gileade e honrar o pacto de compromisso emitido pelo Conselho Ministerial da Gileade Aerolândia.
Dedicar-se a uma vida consagrada, assumindo compromissos com as verdades bíblicas e procurar viver o Cristianismo em toda sua plenitude.
Participar dos cultos e demais atividades da Igreja.
Assumir os cargos e funções que lhes forem confiados pela Igreja e Liderança.
Se estiver ausente informar ao Pastor Presidente o motivo de sua ausência.
Fornecer um e-mail de contato ou rede social para que receba os comunicados oficiais da Igreja. Havendo mudança cabe ao membro informar atualização por escrito ao Pastor Presidente.
 
ESTATUTO ART.59
É vedada a utilização das instalações da Gileade Aerolândia para atividades político-partidárias e adoração de imagens de escultura ou culto a outro ser que não seja o Deus Trino da Bíblia Sagrada, bem como para qualquer atividade contrária aos princípios deste Estatuto.
REGIMENTO INTERNO ART.12
É vedada a realização de velório na Gileade de Aerolândia por falecidos não convertidos. Exceto se o falecido tiver familiares que são membros cadastrados e ativos na Igreja.
REGIMENTO INTERNO ART.15
Só podem ministrar o louvor cristãos convertidos; e a letra das canções devem adorar a Deus, falar com Ele ou testemunhar dEle.
 
REGIMENTO INTERNO ART.16
A apresentação de recém-nascidos só será realizada se, pelo menos, um dos pais forem crentes em Jesus. Ou ainda se um dos avós da criança for membro ativo da Gileade Aerolândia e se comprometer com o pacto da apresentação.
 
REGIMENTO INTERNO ART.18
Não convêm a entrada de “membros” no prédio da igreja com bermudas, shorts, saias curtas e roupas mostrando o busto e cintura. Salvo para membros em atividade de manutenção, reparos, reforma, limpeza, arrumação ou ornamentação do prédio.
 
REGIMENTO INTERNO ART.19
É vedada a realização de eventos, ensaios ou reuniões na véspera de uma Assembleia Geral da Igreja. Salvo apenas os Cultos Regulares.
 
REGIMENTO INTERNO ART.21
É vedada a permanência de pessoas nas dependências do santuário no momento do sermão. Exceto os membros do ministério infantil que estiverem escalados, pais com bebês, pessoas não passando bem e o encarregado da recepção na portaria.
 
REGIMENTO INTERNO ART.23
Serão admoestados pelo Conselho Ministerial os membros da Gileade de Aerolândia que demonstrarem afinidades com: maçonaria, comunismo, teologia da libertação, agnosticismo ilimitado, relativismo, humanismo, liberalismo teológico, unicismo, sabatismo, legalismo, jeovismo, aniquilacionismo, reencarnacionismo, universalismo, arianismo, docetismo, ebionismo, teísmo aberto ou relacional, necromancia, idolatria, cartomancia, astromancia, politeísmo, ateísmo, semipelagianismo, pelagianismo, evolucionismo, confissão positiva, teologia da prosperidade, cura interior, neopentecostalismo, teologia contemporânea, sono da alma ou coisa semelhante. Que venha ferir ou ultrapassar a Bíblia Sagrada. Depois de uma ou duas admoestações serão afastados do exercício de suas funções na Gileade Aerolândia e sujeitos ao processo disciplinar ou de excomunhão.
 
REGIMENTO INTERNO ART.25
Os membros da Gileade de Aerolândia que estiverem namorando descrentes serão admoestados e aconselhados pelo Pastor Presidente. Em virtude ao descumprimento da orientação bíblica registrada em 2Co.6.14. Se esse membro ocupar alguma função na Igreja será afastado da mesma enquanto perdurar essa relação.
 
REGIMENTO INTERNO ART.26
Os membros da Gileade de Aerolândia que estiverem frequentando periodicamente outra denominação serão admoestados pelo Pastor Presidente a se posicionarem em qual denominação vão se congregar.
 
REGIMENTO INTERNO ART.27
Os membros inativos ou excomungados ou que praticam autoexcomunhão (desigrejados) não serão mais considerados “membros” da Gileade Aerolândia. E Nessa condição do presente artigo, ser-lhe-á vedada entrega de carta de recomendação ou transferência.
§ 1o – Serão considerados membros inativos ou que praticam autoexcomunhão (desigrejados) todos aqueles que faltam, sem justificativa, a 6 domingos consecutivos ou 3 Santas Ceias seguidas.
§ 2o – Serão reativados como membros todos os inativos ou que praticaram autoexcomunhão (desigrejados) arrependidos de seus atos de desigrejados ou pecaminosos procurando o Pastor Presidente para os devidos esclarecimentos, conselhos, tratamento e posterior recebimento na igreja em culto de Santa Ceia.
§ 3o – Os que foram excomungados e mostrarem desejosos de voltar para Gileade Aerolândia deverão passar por uma avaliação do Conselho Ministerial da Gileade Aerolândia. E sujeitar-se a todas as condições impostas pelo Conselho Ministerial, previstas no Estatuto e nesse Regimento.
 
REGIMENTO INTERNO ART.28
Não convêm ao membro da Gileade de Aerolândia consumir bebidas alcoólicas. E caso ele se envolva em embriaguez será disciplinado. Assim como nas demais práticas pecaminosas condenadas na Bíblia em 1Co.6.9-11; Gl.5.19-21; 1Pe.4.1-5; Ap.21.8, Lv.18, Êx.20.3-17 e etc. São considerados atos incompatíveis de conduta cristã. Sujeitos as normas disciplinares do Estatuto da Gileade Aerolândia.
 
REGIMENTO INTERNO ART.38
Nenhum objeto pode ser retirado da Gileade de Aerolândia sem que este seja devidamente registrado em protocolo pelo almoxarifado. E se for da biblioteca, protocolado pelo bibliotecário da Igreja.
 
REGIMENTO INTERNO ART.39
Todo objeto que for retirado da Gileade de Aerolândia deverá retornar no prazo estabelecido pelo responsável designado para isso. E toda solicitação deve ser feita ao mesmo, sendo efetuada a saída e entrada na sua presença.
 
REGIMENTO INTERNO ART.40
É vedada a saída de objetos da Gileade de Aerolândia a pessoas que não tem carteira de membro da Gileade Aerolândia. Salvo se for uma solicitação feita por escrito por um pastor de outra denominação, com a autorização do Pastor presidente da Gileade Aerolândia, e o mesmo solicitante se responsabilizando por qualquer dano.
 
REGIMENTO INTERNO ART.57
É dever de todo membro da Gileade de Aerolândia se abnegar de suas convicções em nome da unidade da instituição (cf. Jo.17.11; Fp.1.27). Bem como se sua convicção não for reconhecida pela maioria da Igreja.

* Listagem retirada de uma pesquisa em nosso Estatuto e Regimento Interno.

 

ESTATUTO ART.7

Participar das assembleias gerais

Votar e ser votado.

Participar dos cultos.

Apresentar sugestões, opiniões ou parecer em Assembleia Geral ou a membro da Administração ou do Conselho Ministerial, preferencialmente por escrito. Respeitando a autoridade constituída conforme Romanos 13.1,2; Hebreus 13.17.

 

ESTATUTO ART.8

Desenvolver os dons de sua vocação na Igreja.

Tendo rendimentos, contribuir financeiramente de forma regular, mensal e voluntária para o sustento da Igreja, através de contribuições mensais.

Desempenhar com lealdade as missões designadas pela Igreja. 

Cumprir as normas constantes do Estatuto, Regimento Interno, respeitar o Credo da Gileade e honrar o pacto de compromisso emitido pelo Conselho Ministerial da Gileade Aerolândia.

Dedicar-se a uma vida consagrada, assumindo compromissos com as verdades bíblicas e procurar viver o Cristianismo em toda sua plenitude.

Participar dos cultos e demais atividades da Igreja.

Assumir os cargos e funções que lhes forem confiados pela Igreja e Liderança.

Se estiver ausente informar ao Pastor Presidente o motivo de sua ausência.

Fornecer um e-mail de contato ou rede social para que receba os comunicados oficiais da Igreja. Havendo mudança cabe ao membro informar atualização por escrito ao Pastor Presidente.

 

ESTATUTO ART.59

É vedada a utilização das instalações da Gileade Aerolândia para atividades político-partidárias e adoração de imagens de escultura ou culto a outro ser que não seja o Deus Trino da Bíblia Sagrada, bem como para qualquer atividade contrária aos princípios deste Estatuto.

 

REGIMENTO INTERNO ART.12

É vedada a realização de velório na Gileade de Aerolândia por falecidos não convertidos. Exceto se o falecido tiver familiares que são membros cadastrados e ativos na Igreja.

 

REGIMENTO INTERNO ART.15

Só podem ministrar o louvor cristãos convertidos; e a letra das canções devem adorar a Deus, falar com Ele ou testemunhar dEle.

 

REGIMENTO INTERNO ART.16

A apresentação de recém-nascidos só será realizada se, pelo menos, um dos pais forem crentes em Jesus. Ou ainda se um dos avós da criança for membro ativo da Gileade Aerolândia e se comprometer com o pacto da apresentação.

 

REGIMENTO INTERNO ART.18

Não convêm a entrada de “membros” no prédio da igreja com bermudas, shorts, saias curtas e roupas mostrando o busto e cintura. Salvo para membros em atividade de manutenção, reparos, reforma, limpeza, arrumação ou ornamentação do prédio.

 

REGIMENTO INTERNO ART.19

É vedada a realização de eventos, ensaios ou reuniões na véspera de uma Assembleia Geral da Igreja. Salvo apenas os Cultos Regulares.

 

REGIMENTO INTERNO ART.21

É vedada a permanência de pessoas nas dependências do santuário no momento do sermão. Exceto os membros do ministério infantil que estiverem escalados, pais com bebês, pessoas não passando bem e o encarregado da recepção na portaria.

 

REGIMENTO INTERNO ART.23

Serão admoestados pelo Conselho Ministerial os membros da Gileade de Aerolândia que demonstrarem afinidades com: maçonaria, comunismo, teologia da libertação, agnosticismo ilimitado, relativismo, humanismo, liberalismo teológico, unicismo, sabatismo, legalismo, jeovismo, aniquilacionismo, reencarnacionismo, universalismo, arianismo, docetismo, ebionismo, teísmo aberto ou relacional, necromancia, idolatria, cartomancia, astromancia, politeísmo, ateísmo, semipelagianismo, pelagianismo, evolucionismo, confissão positiva, teologia da prosperidade, cura interior, neopentecostalismo, teologia contemporânea, sono da alma ou coisa semelhante. Que venha ferir ou ultrapassar a Bíblia Sagrada. Depois de uma ou duas admoestações serão afastados do exercício de suas funções na Gileade Aerolândia e sujeitos ao processo disciplinar ou de excomunhão.

 

REGIMENTO INTERNO ART.25

Os membros da Gileade de Aerolândia que estiverem namorando descrentes serão admoestados e aconselhados pelo Pastor Presidente. Em virtude ao descumprimento da orientação bíblica registrada em 2Co.6.14. Se esse membro ocupar alguma função na Igreja será afastado da mesma enquanto perdurar essa relação.

 

REGIMENTO INTERNO ART.26

Os membros da Gileade de Aerolândia que estiverem frequentando periodicamente outra denominação serão admoestados pelo Pastor Presidente a se posicionarem em qual denominação vão se congregar.

 

REGIMENTO INTERNO ART.27

Os membros inativos ou excomungados ou que praticam autoexcomunhão (desigrejados) não serão mais considerados “membros” da Gileade Aerolândia. E Nessa condição do presente artigo, ser-lhe-á vedada entrega de carta de recomendação ou transferência.

§ 1o – Serão considerados membros inativos ou que praticam autoexcomunhão (desigrejados) todos aqueles que faltam, sem justificativa, a 6 domingos consecutivos ou 3 Santas Ceias seguidas.

§ 2o – Serão reativados como membros todos os inativos ou que praticaram autoexcomunhão (desigrejados) arrependidos de seus atos de desigrejados ou pecaminosos procurando o Pastor Presidente para os devidos esclarecimentos, conselhos, tratamento e posterior recebimento na igreja em culto de Santa Ceia.

§ 3o – Os que foram excomungados e mostrarem desejosos de voltar para Gileade Aerolândia deverão passar por uma avaliação do Conselho Ministerial da Gileade Aerolândia. E sujeitar-se a todas as condições impostas pelo Conselho Ministerial, previstas no Estatuto e nesse Regimento.

 

REGIMENTO INTERNO ART.28

Não convêm ao membro da Gileade de Aerolândia consumir bebidas alcoólicas. E caso ele se envolva em embriaguez será disciplinado. Assim como nas demais práticas pecaminosas condenadas na Bíblia em 1Co.6.9-11; Gl.5.19-21; 1Pe.4.1-5; Ap.21.8, Lv.18, Êx.20.3-17 e etc. São considerados atos incompatíveis de conduta cristã. Sujeitos as normas disciplinares do Estatuto da Gileade Aerolândia.

 

REGIMENTO INTERNO ART.38

Nenhum objeto pode ser retirado da Gileade de Aerolândia sem que este seja devidamente registrado em protocolo pelo almoxarifado. E se for da biblioteca, protocolado pelo bibliotecário da Igreja.

 

REGIMENTO INTERNO ART.39

Todo objeto que for retirado da Gileade de Aerolândia deverá retornar no prazo estabelecido pelo responsável designado para isso. E toda solicitação deve ser feita ao mesmo, sendo efetuada a saída e entrada na sua presença.

 

REGIMENTO INTERNO ART.40

É vedada a saída de objetos da Gileade de Aerolândia a pessoas que não tem carteira de membro da Gileade Aerolândia. Salvo se for uma solicitação feita por escrito por um pastor de outra denominação, com a autorização do Pastor presidente da Gileade Aerolândia, e o mesmo solicitante se responsabilizando por qualquer dano.

 

REGIMENTO INTERNO ART.57

É dever de todo membro da Gileade de Aerolândia se abnegar de suas convicções em nome da unidade da instituição (cf. Jo.17.11; Fp.1.27). Bem como se sua convicção não for reconhecida pela maioria da Igreja.